HISTAMÉRICA

Grupo de investigación de Historia de América de la Universidad de Santiago de Compostela

Seminario doutoramento «Historiografia e fontes nos estudos comparados nas cidades do Rio de Janeiro e Buenos Aires (1890-1930)»

Seminario HistAmérica

Xoves 15 de febreiro de 2018, 10:00-12:00 horas, Seminario de Máster Historia contemporánea

«Historiografia e fontes nos estudos comparados nas cidades do Rio de Janeiro e Buenos Aires (1890-1930)»

Convidada: Profa. Dra. Érica Sarmiento da Silva, Universidade do Estado de Rio de Janeiro

Resumo

A temática pretende abordar, de maneira sucinta, a historiografia argentina e brasileira no período da Grande Imigração (1880-1930), priorizando o estudo do associativismo galego e a inserção sócio-profissional nas cidades de Buenos Aires e Rio de Janeiro. O associativismo representou um importante campo de ação e de visibilidade desse grupo imigratório tanto na sociedade de origem, como nas sociedades de recepção, recriando identidades e contribuindo com as remessas para o desenvolvimento da sociedade agrícola galega. Através da metodologia dos estudos comparados, pretende-se analisar algumas diferenças e semelhanças da coletividade galega, o avanço da historiografia acerca da temática e as fontes utilizadas.

Currículo resumido

Professora Adjunta (Titular) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), Professora Titular (Catedrática) do Programa de Pós-Graduação (mestrado e doutorado) em História da Universidade Salgado de Oliveira (UNIVERSO). Coordenadora do Laboratório de Estudos de Imigração (Labimi/UERJ) e do Laboratório de Imigração e Estudos Ibéricos (UNIVERSO).  É pesquisadora Jovem Cientista do Nosso Estado da Fundação de Amparo a Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro (FAPERJ) e pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPQ). Atualmente coordena o projeto de pesquisa “Casa de Espanha: memória da imigração espanhola no Rio de Janeiro” e o projeto “Trajetórias e histórias dos galegos na grande imigração carioca e porteña: associativismo étnico, trabalho e imaginário (1880-1930)”Foi professora visitante EM diferentes centros de pesquisa, como a Universidade de Columbia (Nova York), na na Universidad del País Vasco, Instituto Mora (México), entre outras instituições. Nos últimos anos vem se dedicando a estudos de imigração com sociedades americanas, e estudos comparados Brasil e Argentina, enfatizando temas relacionados com associativismo, anarquismo e cadeias migratórias. Coordenou publicações como (org. Alicia Gil Lázaro e Maria José Fernández Vicente)Migrações atlânticas no mundo contemporâneo (séculos XIX –XXI): novas abordagens e avanços teóricos. Curitiba: Editora Prismas, 2017;  (org. Marly Vianna e Leandro Gonçalves) Presos políticos e perseguidos estrangeiros na Era Vargas . Mauad, 2014.; MENEZES, Lená Medeiros; SARMIENTO, Érica; MATOS, Maria Izilda; ROMERO VALIENTE, Juan Manuel & HIDALGO, Antonio (Eds). Imigraciones Ibero-Americanas. Las Migraciones España-Brasil. Huelva: Editora Universidade de Huelva (España), 2013. ISBN: 978-84-15633-38-9 e SARMIENTO, Érica & FARÍAS, Ruy (orgs.). Novos olhares sobre a imigração ibérica em América Latina (séculos XIX e XX). Niterói: Editora Universo, 2013, 2 vl. (edição eletrônica).

Anuncio publicitario

Información

Esta entrada fue publicada el febrero 7, 2018 por en Seminarios.
A %d blogueros les gusta esto: